Outros

Anos 2000´s – A Internet e o Mato

By agosto 3, 2018 No Comments

 

Com alguma frequência por aqui eu falo sobre a internet e alguma velharias. Hoje a gente vai falar sobre como era a internet nos anos 2000´s, na época que era tudo mato.

 

Só para você saber, e se nortear,  estamos em 2018, e em 2000, o tal ano do bug do Milênio, aquela vez que todo mundo achou que ou o mundo ia acabar, e quem achou que não ia acabar, estava preocupado com o Bug do Milênio, porque para a galera do TI, eles não sabiam como o sistema operacional ia se comportar, porque até então os anos eram divididos em duas casas decimais, e agora a gente ia ter uma porção de zero. Pois é, o mundo ficou doido por causa disso. Mas esse não é o ponto! Hoje vamos mostrar para vocês como era a internet nessa fase. Vem ser voraz com a Lion!

 

Amém Senhor, fim da Internet Discada

 

Mais ou menos até 2002-2004 a maior parte da galera já tinha finalmente se livrado de toda internet discada. Então você não necessariamente precisava ficar esperando o horário da madrugada para fazer a maior parte das coisas. O Problema é, a internet era especialmente ruim nessa fase. Aliás, hoje ainda é ruim, mas pelo menos algumas empresas oferecem serviço de fibra ótica, o que teoricamente ajuda bastante.

Mas naquela época não. Aquela época apesar de você não ficar sofrendo mais com a conta, você acabava usando a internet de madrugada para ele ser uma pouco mais rápida. A lógica era simples, menos gente usando, mais velocidade tinha. Não resolvia muito bem, mas ajudava. Bastante.

 

A gente usava umas doideras como Kazaa

 

A galera que é mais Nutella hoje só quer saber de Netflix e Spotify. Quem é mais raiz usa uma coisinha chamada Torrent. Antigamente não tinha absolutamente nada disso. A gente tinha o Kazaa, o Limewire e outras tranqueiras derivadas. O lance é que a internet que a gente tinha não era assim uma Brastemp não é? Então esse tipo de Download demorava horas a fio. Chegamos a deixar os computadores uma noite inteira rodando só por causa de um álbum. A gente dizia que não queria gastar dinheiro comprando cd na loja, mas a conta de luz saia pau a pau.

E isso quando dava certo! Algumas vezes a gente baixava alguns conteúdos achando que era uma coisa, largava lá, noite inteira e o computador ligado, ia conferir no fim de semana, era o que? Um pornô muito do esquisito que te traumatizou o resto da adolescência. Terrível! dá até calafrio só de lembrar! No fim das contas o balanço era, tentar baixar um filme e conseguir baixar 5 pornôs, pegar 10 cavalos de troia e ter a senha do orkut roubada. Trágico!

 

Por Falar em Orkut…

 

Orkut era a rede social oficial da época, eu por exemplo cheguei na época que só podia adicionar com scrap, cabiam apenas doze fotos no álbum e você precisa de, pasmem, CONVITE para entrar no Orkut. Sim, quando o orkut chegou aqui no Brasil, esse era uma rede social Hight Society que só gente bacana tinha acesso. Aliás, a sua missão na vida era ter uma comunidade com mais de 200 adeptos. Bons tempos! E as comunidades eram terríveis! Coisas tipo “eu tomo banho pelado” eram as mais cheias.

Por falar em comunidade, você só era realmente querido no seu círculo social, se alguém fizesse uma comunidade que levasse seu nome tipo “ Eu amo a Fulana do Colégio x” e quanto mais pessoas tivessem nela, mais popular você era. Dá preguiça só de lembrar desse narcisismo todo. Aliás, naquela época nem se usava o termo Stalker, era algo tipo “fuçar no yakult/yogurt do fulano” a gente se ferrava pra achar o perfil do crush, e quando encontrava, procurava quantas comunidades em comum a gente tinha. Que era pra saber se o pseudo relacionamento iria funcionar. Que fase!

 

Tinha Também um Tal de MSN

Primeiro veio o ICQ, que era um número gigante que a molecada decorava e passava para os amigos. Mas isso é para quem é bem velho de internet, depois chegou o MSN, ai a história era outra

 

Para quem não se lembra, o ICQ era aquela florzinha que fazia o-ou. Isso é muito vintage, muito mesmo! Não era todo mundo que tinha, e não era pratico, porque eram muito número para se decorar. Em seguida veio o MSN.

 

Já o MSN era diferente. Você usava o seu e-mail, então era bem mais pratico. E o bacana é que ele foi evoluindo. Na minha opinião o auge foi quando inventaram aquele aquele winkin, que fazia a sua tela tremer. Aquele negócio era muito bom mesmo! Pena que travava demais o pc alheio. O MSN durou até uns 4-5 anos atrás. Até que foi, infelizmente, substituído pelo Skype.

 

Google era apenas um bebê

 

Bom, em geral algumas pessoas já usavam o Google, afinal ele é uma plataforma de busca que existe no mundo desde 1998. Acontece que como tudo nessa vida, ali nos anos 2000, ninguém usava ainda. Me lembro das primeiras pesquisas que fiz, até mais ou menos 2004, a gente usava o Cadê. Pois é, coisa de maluco. Mas a gente sempre conseguia entregar nossos trabalhos. Aliás, na minha fase de ginásio, alguns professores exigiam que a gente usasse a biblioteca da escola, porque esse lance de internet era cheio de informações falsas e nem resolvia os problemas. Pois é.

Ainda bem que passou, claro que até hoje temos sempre que verificar as nossas fontes de pesquisa e não confiar em qualquer tranqueira que aparece pela frente, mas convenhamos, a nossa vida ficou bem mais fácil.

 

Sabe quem também consegue facilitar a sua vida? Nós da Lion, nós temos diversos serviços de internet, fotografia, audiovisual e muito mais em nosso portfólio! Acesse nossa página confira e solicite um orçamento! Você vai se encantar!

 

 


Leia Também:

Entendendo Redes Sociais – O Instagram

Spoiler Alert – O Incríveis


Sobre a Autora:

IMG_0967_sqgqwjThais Costa – Redatora Lion Audiovisual –
Publicitária, fotógrafa, marketeira, cinéfila e também escritora. Cool, vintage e nerd também são a minha praia, mas sem areia, por favor!

Leave a Reply